Geobiologia

As construções podem ser nossas aliadas na criação de uma vida saudável

Geobiologia é a ciência que estuda a influência do meio-ambiente e das construções sobre nossa saúde e bem estar. A análise geobiológica de um imóvel consiste na detecção de fontes de desequilíbrios prejudiciais à saúde. Eles podem ser gerados por:

  • Elementos Naturais: redes geomagnéticas, cursos d’água subterrâneos, falhas geológicas, entre outros.
  • Elementos Artificiais: eletromagnetismo, radiações, forma das construções e objetos, materiais de construção, etc.
  • Origem Humana: memória das paredes e objetos, pensamentos…

Doenças recorrentes, insônia, alergias, baixa produtividade, sonolência, dor de cabeça, depressão, irritabilidade, estagnação financeira… são alguns dos sintomas relacionados à Síndrome do Edifício Enfermo.

Existem várias maneiras de realizar pesquisas de Geobiologia. Na Alemanha, é comum a utilização de aparelhos eletrônicos de medição. Na Espanha e na França, costuma-se usar pêndulos e varetas, por meio das técnicas da Radiestesia. Também na Espanha, encontramos a tradição milenar de diagnóstico a partir do próprio corpo, denominada de detecção biossensível, usada na Arte Zahorí.

Para cada fator de desequilíbrio identificado, o geobiólogo propõe medidas de harmonização que visam neutralizar ou compensar os efeitos nocivos sobre as pessoas, garantindo que os ambientes deem suporte à vida.

Imóveis enfermos adoecem seus ocupantes. Construções saudáveis estimulam os bons potenciais de seus ocupantes.

Conteúdo criado por www.alinemendes.com